Dores de Garganta e Laringite

Por  | 0 Comentários

Dores de Garganta e Laringite

As dores de garganta anunciam muitas vezes a chegada de constipações e gripes ou podem ser sintomas de cordas vocais esforçadas. Podem ainda indicar uma inflamação local ou uma infecção, como a laringite e a faringite inflamação das cordas vocais e das cavidades nasais.

Gargarejo de Salva e Alecrim:

Uma das melhores combinações para as dores de garganta e laringite , já que são ambas plantas aromáticas, anti-sépticas e ricas em potentes óleos curativos. Outro adstrigente como o pé-de-leão pode ajudar a aliviar a inflamação.

Ingredientes:

  • 15 g de folhas ou 45 g de folhas frescas de salva-vermelha.
  • 10 g de folhas secas ou 20 g de folhas frescas de alecrim.
  • 5 g de folhas secas de pé-de-leão.
  • 500 ml de água.
Preparação do Gargarejo:
  • Misturar as ervas num bule ou jarro e juntar água recém-fervida.
  • Deixar abrir durante 10 minutos, passar pelo passador e pôr a arrefecer.
  • Tapar e guardar num local fresco.
Tratamento:
  • Gargarejar com um copo de vinho de cada vez, de 2 em 2 ou de 3 em 3 horas, enquanto os sintomas se mantiverem. É um chá anti-séptico e cicatrizante, pelo que convém engoli-lo depois do gargarejar.
Tratamentos Suplementares:
  • Juntar 5 ml de tintura de equinácea a cada gargarejo ou tomar separadamente, para combater a infecção. Tomar 2 ou 3 pérolas de alho por dia para ajudar o sistema imunológico.
  • As inalações de vapor são boas para o tratamento da laringite e da faringite. Deitar 2 gotas de cada óleo essencial de sândalo, incenso e alfazema numa bacia de água a ferver e inalar o vapor durante 10 minutos. Permanecer num quarto quente durante pelo menos meia hora depois da inalação.
  • Deitar os mesmos óleos em 5 ml de óleo de amêndoas-doces e massajarem volta da garganta.

 




A Medicina Alternativa, como é o caso da utilização de Plantas Medicinais, Remédios Naturais, Curas Caseiras, entre outras terapias alternativas têm cada vez mais confirmado a sua segurança e eficácia...

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *