Colírios

Por  | 0 Comentários

Colírios 

Os colírios são simples de fazer e usar e podem ser muito calmantes para uma quantidade de problemas oculares. As misturas nunca deevem arder e, se arderem, é preciso diluí-las mais, já que a sensibilidade individual pode variar. Usar infusões ou decocções fracas ou duas gotas de tintura num copinho próprio cheio de água recém-fervida. Ver a precaução.

Precaução: É muito importante esterilizar bem o recipiente do colírio entre cada uma das aplicações, especialmente em casos de infecção.

  • Fazer uma decocção ou infusão da planta aromática desejada, deixando ferver em lume brando 10-15 minutos, para garantir a esterilização.
  • Passar por um passador fino, verificando que não haja partículas da erva que possam irritar os olhos.
  • Deixar arrefecer até ficar morna e depois encher o copinho próprio com a mistura.
  • Colocar o copinho de encontro ao olho e inchinar a cabeça para trás, piscando o olho várias vezes, para ficar bem molhado.

Equipamento:

  • Tacho. Passador. Jarro. Copinho próprio.

Quantidades Normais:

  • 400 ml de decocção feita com 15 g de ervas secas e 600 ml de água ou 400 ml de infusão feita com 15 g de ervas secas e 500 ml de água ou 2 gotas de tintura num copinho próprio cheio de água recém-fervida.

Aplicações Normais:

  • Lavar os olhos 3-5 vezes por dia.

Conservação:

  • Guardar num jarro tapado num local fresco. Fazer todos os dias novo colírio.



A Medicina Alternativa, como é o caso da utilização de Plantas Medicinais, Remédios Naturais, Curas Caseiras, entre outras terapias alternativas têm cada vez mais confirmado a sua segurança e eficácia...

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *